segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Análise - Puzlogic (Steam)


A base do jogo é já conhecida, preencher todos os espaços vazios sem que dois números se repitam na mesma linha ou coluna.


Ao contrário do que estamos habituados neste tipo de puzzles, não existe obrigatoriamente o mesmo número de linhas e de colunas, sendo que, por vezes, estas formam imagens que não permitem esta distribuição. Funciona também como forma de dinamizar e facilitar o pensamento ao jogador pois é rapidamente percetível que não basta colocar os números em qualquer sítio; para que estes fiquem certinhos e direitinhos é preciso ter atenção aos números que se encontram no fim de algumas colunas e linhas, pois indicam o somatório dos números nelas presentes. Estes apresentam-se em três cores: Azuis, Brancos e Cinzentos. Os números que temos à nossa disposição para colocar têm também cores diferentes: Azuis e Brancos, assim é fácil perceber quais combinam com quais. Um número branco no fim de uma coluna indica que os números brancos nela presente, quando somados, terão que ter aquele resultado; o mesmo para os azuis. Parece simples, e é, mas não é fácil!

Os níveis iniciais são para estabelecer as regras. | Fonte: Eduardo Barreto

Uma melodia calma de piano acompanhada pelo chilrear de passarinhos formam o ambiente sonoro que, em conjunto com a mudança gradual das cores de fundo, puxam por um estado de espírito de foco e concentração, muito necessário nos níveis mais avançados.

À medida que avançamos no jogo vai sendo mais comum perder mais tempo a tentar decifrar os puzzles da maneira que achamos correta apenas para chegarmos aos últimos números vagos e percebermos que já fizemos algo que não devíamos ter feito. Isto demonstra que a atenção é a nossa melhor arma neste jogo e que não a podemos baixar. Isso e a função de apontamento, que podemos usar arrastando os números com o botão direito do rato, colocando uma notinha no quadrado sem colocar o número em definitivo.

Mais para o final a coisa já se mostra com outra cara! | Fonte: Eduardo Barreto

Por descobrirmos a resolução de cada puzzle ganhamos uma estrela, se conseguirmos fazê-lo sem erros nem opções de ajuda ativas ganhamos outra. Ao todo temos 128 destas amigas de cinco pontas para colecionar, totalizando assim 64 níveis (com mais 3 especiais para os corajosos).
Um jogo que não será propício a sessões muito compridas mas sim a ser jogado em breves situações, quer para início de dia com o cérebro bem aquecido, quer para descomprimir ao final de um dia agitado.

Análise feita com base num código de pré-lançamento do jogo final, gentilmente cedido por Eduardo Barreto.

Nota: 7 estrelas em 10 estrelas.

Sem comentários:

Enviar um comentário